REVALIDA – Participantes podem interpor recurso até esta sexta (18)

Interessados podem solicitar análise referente aos gabaritos preliminares no sistema do exame. Desempenho individual não será avaliado nesta fase recursal

Os participantes da primeira etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2020 terão até as 23h59 de sexta-feira, 18 de dezembro, para interpor recursos referentes aos gabaritos preliminares. O procedimento deverá ser realizado pelo sistema do exame. Os gabaritos estão disponíveis e podem ser acessados na Página do Participante.

Os recursos dos gabaritos preliminares da prova objetiva e do padrão de resposta provisório da prova discursiva deverão conter questionamentos relacionados somente à pertinência das respostas definidas nesses documentos. O desempenho individual dos participantes não será avaliado. 

Após análise, os resultados dos recursos serão disponibilizados no Sistema Revalida, com as versões definitivas do gabarito da prova objetiva e do padrão de respostas da prova discursiva, assim como os resultados definitivos da prova de múltipla escolha e os resultados provisórios da prova discursiva. 

Vale destacar que serão divulgados os resultados provisórios da prova discursiva apenas dos participantes aprovados na avaliação objetiva, de acordo com o edital do Revalida. Esses resultados estarão disponíveis no dia 8 de fevereiro de 2021, juntamente com as razões de deferimento ou indeferimento dos recursos, segundo a banca corretora do exame. Já os resultados finais da primeira etapa do Revalida 2020 serão divulgados no dia 5 de março de 2021. 

Primeira etapa – Mais de 90% dos inscritos realizaram a primeira etapa do Revalida 2020, no dia 6 de dezembro. A aplicação ocorreu em dois turnos (matutino e vespertino) para mais de 14 mil participantes, em 13 capitais brasileiras. 

Segunda etapa – Somente os aprovados na primeira etapa podem participar da segunda. Uma novidade desta edição é que, se o médico formado no exterior reprovar na etapa complementar, ele poderá se reinscrever diretamente nessa fase, nas duas edições consecutivas. Anteriormente, era necessário realizar todo o processo desde o início. Cronograma, diretrizes e procedimentos da segunda etapa serão publicados, posteriormente, em edital próprio. 

Revalida – Aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) desde 2011, o Revalida busca regularizar, no Brasil, o diploma de graduação em medicina expedido no exterior. As referências do exame são os atendimentos no contexto de atenção primária, ambulatorial, hospitalar, de urgência, de emergência e comunitária, com base na Diretriz Curricular Nacional do Curso de Medicina, nas normativas associadas e na legislação profissional. O objetivo é avaliar as habilidades, as competências e os conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS). A revalidação do diploma é responsabilidade das universidades públicas que aderirem ao instrumento unificado de avaliação representado pelo Revalida.

Acesse o Sistema Revalida

Acesse o edital do Revalida 2020  

Saiba mais sobre o Revalida

Fonte: MEC - Assessoria de Comunicação Social do Inep

Deixe um comentário

*

captcha *