Inep aborda Enem Digital em webnário sobre tecnologia

O papel da tecnologia da informação para garantir a realização e a segurança do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) Digital, desenvolvido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), foi um dos assuntos abordados na noite desta quinta-feira, 9 de julho, durante webnário promovido por uma empresa de tecnologia.

O evento on-line contou com a participação do diretor de Tecnologia da Informação e Disseminação de Informações Educacionais do Inep, Camilo Mussi, que ressaltou os principais avanços do Enem ao longo de 22 anos de existência. Além disso, o diretor esclareceu dúvidas dos participantes sobre o primeiro exame digital que será aplicado no Brasil, para aproximadamente 100 mil pessoas, já na primeira edição.

Um dos questionamentos apresentados durante o webnário foi sobre os cuidados que o Inep adota para garantir a segurança da prova no combate às fraudes. Camilo Mussi afirmou que o instituto vem se preparando e submetendo o novo modelo do exame a diversos testes para exaurir todas as possibilidades de tentativas de fraudes ou invasões. “O participante quer ter a certeza de que, ao digitar as suas escolhas no gabarito, não haja alterações. Por isso, nós estamos trabalhando com tecnologias para que não aconteça nenhuma fraude”, explicou. “Cada participante terá a sua senha específica, com reconhecimento facial, e a gente trabalha bastante com camadas de criptografia, além de vários certificados digitais. O desafio é grande, mas o que está sendo preparado é um exame muito seguro e diferente do que já se viu até hoje”, garantiu Mussi. Para o diretor, a maior preocupação é com a logística dos locais de aplicação, como a eventual falta de energia que possa gerar a necessidade de reaplicação do exame.

O Enem 2020 será realizado nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa) e nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 (versão digital). Neste ano, as provas foram adiadas em razão da pandemia de COVID-19.

Enem Digital – O exame em plataforma digital será implantado nesta edição, em aplicação-piloto. No Enem 2020, 96.086 inscritos estão confirmados para fazer a prova no novo modelo. A previsão é que a consolidação do Enem Digital ocorra em 2026. A estrutura do exame será igual à da versão impressa.

Enem – Realizado anualmente pelo Inep desde 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar ao final da educação básica e é porta de acesso para a educação superior. Os participantes fazem provas de linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias, que, ao todo, somam 180 questões, além da redação.

Fonte: INEP

Deixe um comentário

*

captcha *