Falhas no sistema fazem MEC prorrogar inscrições do Fies

Fonte: R7 - Educação

Estudantes têm até a próxima sexta-feira (5) para efetuar a matrícula, no entanto, problemas podem dificultar contrato com a Caixa

O prazo para os estudantes se inscreverem no Fies(Fundo de Financiamento Estudantil) foi prorrogado até esta sexta-feira (5) após falhas no sistema, o que pode colocar em risco a matrícula de alunos de todo o país. Muitos podem perder o semestre.

A falha ocorre quando os estudantes devem fechar o contrato de financiamento com a Caixa Econômica Federal, neste momento são informados que faltam informações para finalizar o cadastro.

Por meio de nota, o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) confirma que há falhas no sistema e confirma que haverá prorrogação do prazo:

“Foi identificado um problema sistêmico que tem impedido a troca de informações com o agente financeiro em relação aos candidatos pré-selecionados do Fies referente a este primeiro semestre de 2019. Nesse contexto, de acordo com o Edital SESU/MEC nº 1, de 2.1.2019, item 6.2 das disposições finais, os estudantes não serão prejudicados em relação ao prazo para contratação do financiamento tendo em vista que haverá prorrogação e, assim, poderão contratar normalmente o financiamento estudantil, desde que atendidos os demais requisitos para concessão do financiamento, nos termos da Portaria MEC nº 209, de 2018, e dos normativos vigentes da modalidade Fies.”

Esvaziado, Fies atrai menos alunos e reduz opções para mais pobres

De acordo com o FNDE, está previsto no edital que em caso de erro ou problemas operacionais o MEC tem até o dia 30 de junho de 2019 para adotar as medidas necessárias.

“6.2. Exclusivamente para a modalidade Fies, em caso de erros ou da existência de óbices operacionais por parte da IES, da CPSA, do agente financeiro ou dos gestores do Fies, que resultem na perda de prazo para validação da inscrição e contratação do financiamento pelo CANDIDATO pré-selecionado, a SESU/MEC ou o agente operador do Fies, a depender do momento em que o erro ou óbice operacional for identificado, poderão, até o dia 30 de junho de 2019, adotar as providências necessárias à prorrogação dos respectivos prazos, nos termos do art. 107 da Portaria MEC nº 209, de 2018, após o recebimento e avaliação das justificativas apresentadas pela parte interessada e, se for o caso, autorização da SESu/MEC sobre a existência de vagas.”

Diante do prazo, sem a resolução do problema, muitos estudantes podem perder o semestre.

Entenda o que é e como funciona o Fies:

O Fies tem como objetivo financiar alunos em cursos de graduação privados. O programa oferece 100 mil contratos de financiamento em cursos de graduação em universidades privadas e é atrativo por não terem taxa de juros, além das condições de pagamento do financiamento após a conclusão da graduação.

Os resultados do primeiro semestre deste ano foram divulgados no dia 25 de fevereiro. O edital previa o período entre 26 de fevereiro a 7 de março, para a fase de complementação da inscrição, etapa em que os estudantes devem apresentar documentos mostrando que preenchem os requisitos para participar do programa. O prazo foi prorrogado até a próxima sexta-feira (5).

Deixe um comentário

*

captcha *