Seminário discute uso da tecnologia na EAD

Fonte: MEC – Assessoria de Comunicação Social

A tecnologia tem sido uma importante ferramenta para a melhoria da Educação a Distância (EAD). Para discutir como potencializar essa utilização e como usufruir das startups para influenciar e melhorar o futuro da EAD no Brasil, a Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed), promoveu, nesta quinta, 28, e sexta-feira, 29, o 14º Senaed – Seminário Nacional Abed de Educação a Distância, em São Paulo.

O tema do 14º Senaed foi ”Ed Meets Tech”, o encontro entre educação e tecnologia, em uma alusão ao termo usado para as startups da área de educação, as chamadas EdTechs. O secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) do Ministério da Educação, Henrique Sartori, esteve presente ao evento e disse que estão sendo feitas muitas discussões no Brasil de como as startups e as novas tecnologias podem influenciar positivamente e impulsionar o ensino a distância no Brasil.

“A educação a distância melhora e facilita o acesso à inclusão. Atende uma necessidade de muitos brasileiros que estão em locais e tempos diversos, e que por meio da tecnologia conseguem ter bons currículos e se tornarem bons profissionais”, frisou Sartori. O secretário ainda destacou que acredita que no futuro haverá uma maior conjunção entre ensino presencial e a distância graças ao uso da tecnologia, como por exemplo, inteligência artificial e acesso remoto, a serviço da educação.

Para incentivar o EAD no Brasil, no ano passado, o Ministério da Educação possibilitou a ampliação da oferta de cursos superiores na modalidade a distância e permitiu que instituições de ensino superior, que não tenham cursos presenciais, possam oferecer educação a distância na graduação e na pós-graduação lato senso. Além disso, as universidades públicas ficaram automaticamente credenciadas para ofertar EAD. Também foram feitas melhorias na qualidade da atuação regulatória na área, aperfeiçoamentos nos procedimentos de concessão de licença e fiscalização, desburocratização de fluxos e redução do tempo de análise e o estoque de processos.

Durante o evento, as startups apresentaram conteúdo sobre tecnologia e empreendedorismo digital para que gestores e professores possam entender como funciona a era exponencial, o modelo enxuto de negócios, investimento, futurismo, design thinking, user experience e todas as metodologias utilizadas por empresas de tecnologia para que possam aplicar no dia a dia de sua instituição.

Abed – A Abed é uma sociedade científica, sem fins lucrativos, voltada para o desenvolvimento da educação aberta, flexível e a distância. Foi criada em 21 de junho de 1995 por um grupo de educadores interessados em educação a distância e em novas tecnologias de aprendizagem.

Deixe um comentário

*

captcha *