Resultados de 2015 já podem ser consultados e revelam desafios para a educação superior brasileira

Censo da Educação Superior 

 

Já estão disponíveis para consulta os dados do Censo da Educação Superior de 2015. Os principais resultados foram apresentados em coletiva de imprensa nesta quinta-feira, 6, no edifício sede do Ministério da Educação (MEC), em Brasília. O número de matrículas no Ensino Superior já supera 8 milhões. Isso significa que, em tamanho, o Ensino Superior brasileiro está se equiparando ao Ensino Médio.

Participaram da divulgação o Ministro da Educação, Mendonça Filho; a Secretária Executiva do Ministério da Educação, Maria Helena Guimarães Castro e o Secretário de Educação Superior, Paulo Barone; a Presidente do Inep Maria Inês Fini e o diretor de Estatísticas Educacionais Carlos Eduardo Moreno. Pela primeira vez foram calculados indicadores de acompanhamento de fluxo de estudantes que permitem observar a trajetória deles dentro de cada curso desde seu ingresso em 2010. Tais resultados serão disponibilizados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para todos os cursos de graduação, até o final de outubro.

Histórico – O Censo da Educação Superior coleta as informações de cursos de graduação e sequenciais de formação específica. Até a edição de 2008, as estatísticas da pesquisa relacionadas ao aluno (matrículas, ingressantes e concluintes) eram coletadas agregadas por curso, o que inviabilizava o cálculo de indicadores de trajetória, permitindo apenas algumas aproximações de indicadores para expressar a produtividade na Educação Superior.

A partir de 2009, o Censo da Educação Superior iniciou a coleta individualizada de aluno e desde então foram possíveis recursos para controle da entrada de dados no sistema de coleta para permitir um acompanhamento longitudinal dos alunos. A obrigatoriedade da informação do CPF do aluno, com exceção dos alunos estrangeiros, implementada em 2011, permitiu o maior controle das informações e, assim, o acompanhamento da trajetória dos estudantes passou a ser possível.

 

·         Clique aqui para ver a apresentação

·         Clique aqui para acessar as Notas Estatísticas

·         Clique aqui para acessar as Sinopses Estatísticas (a partir das 15h)

·         Clique aqui para fazer download das planilhas com o Resumo de Resultados

Fonte: www.inep.gov.br (06/10/2016)

Deixe um comentário

*

captcha *