Primeiros malotes com provas do Enem já estão a caminho dos locais de aplicação do exame

Fonte: MEC - Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep 

Ao todo, são 54 mil malotes com 10,2 mil provas para realização do exame em 1.727 municípios

A um mês do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) iniciou uma complexa operação logística para distribuir a primeira remessa das 10,2 milhões de provas da edição 2019. Nessa quinta-feira, 3 de outubro, 408 mil impressões saíram do 4º Batalhão de Infantaria Leve do Exército, em Osasco (SP), com a escolta da Polícia Militar, em direção a municípios da Bahia e do Pará.

De acordo com o presidente do Inep, Alexandre Lopes, todas as provas que irão atender os 5,1 milhões de inscritos já estão impressas, cumprindo, assim, o cronograma inicial previsto. O planejamento minucioso da operação foi realizado com antecedência para assegurar a tranquilidade do participante.

“O Enem envolve o país inteiro, é um projeto nacional. São milhares de participantes que contam com a gente, que esperam uma boa prova, um bom ambiente para aplicarmos essas provas com segurança”, disse Lopes.

Durante a saída das primeiras provas, foram alinhadas as diretrizes operacionais com as entidades parceiras, entre elas a gráfica Valid S/A, a Fundação Cesgranrio, a Polícia Federal, os Correios e a Secretaria de Operações Integradas.

O diretor de Gestão e Planejamento do Inep, Murillo Gameiro, enalteceu o esforço dos órgãos parceiros na operação. “Destaco o papel da Polícia Militar de São Paulo que, durante todo o período de impressão dos cadernos das provas, fez o acompanhamento das provas na gráfica”.

Gameiro destaca que a logística do Enem “é uma verdadeira operação de guerra”. “Sem a participação de todos os parceiros não seria possível. Estamos trabalhando para que o sucesso seja antes, na entrega das provas, até o final, quando realizamos a divulgação dos resultados”, completou.

Enem 2019 – Este ano, o exame ocorre em 3 e 10 de novembro. São 10.133 locais de aplicação do Enem, em 1.727 municípios brasileiros. O Enem avalia o desempenho do estudante e viabiliza o acesso à educação superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (ProUni) e instituições portuguesas. O exame também possibilita o financiamento e apoio estudantil, por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Para o dia da prova, é necessário levar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente, a única permitida. O Inep recomenda também que o participante imprima o Cartão de Confirmação da Inscrição e a Declaração de Comparecimento (caso precise de comprovante) e leve os dois para a sala do exame.

Deixe um comentário

*

captcha *