Ministro participa do lançamento de centro universitário no Recife

MEC – Assessoria de Comunicação Social

 

 

Recife, 15/2/2018 – O ministro da Educação, Mendonça Filho, participou do lançamento oficial do Centro Universitário DeVry/UniFBV, no Recife, nesta quinta-feira, 15. A instituição, em atividade na capital pernambucana desde 1999 e pertencente ao grupo Adtalem Educacional do Brasil, passou a ser reconhecida pelo Ministério da Educação como centro universitário em 2017.

“Para quem conhece a regulação do setor educacional, esse é um passo muito importante e desejado por muitas instituições de ensino superior no Brasil”, ressaltou Mendonça Filho. “O nosso dever é buscar qualidade na educação, mas a nossa obrigação também é fazer com que a gente garanta a livre oferta de educação cumprindo as regras básicas estabelecidas pelo MEC”.

Credenciado com nota máxima pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia vinculada ao MEC, o centro universitário oferece mais de 45 cursos a 5 mil estudantes. Além disso, gera mais de 400 empregos diretos, entre professores de graduação e pós-graduação – que inclui MBAs. Conta com mestrado profissional em gestão empresarial, cursos tecnológicos e profissionais administrativos. Atualmente, é uma das faculdades que mais crescem em Pernambuco. Os alunos têm acesso a uma série de benefícios e programas, como intercâmbio para os Estados Unidos e curso de inglês subsidiado.

Qualificação – “O credenciamento da nossa instituição vem como a conclusão de uma grande etapa de trabalho que já vínhamos empreendendo desde 2012”, valorizou o reitor da Devry/UniFBV, Hubert Basques. “Nós somos uma entidade de educação privada e temos um trabalho muito próximo das escolas públicas, para que elas também possam crescer e se desenvolver. Entendemos que a educação é a mola propulsora do progresso de qualquer sociedade”.

Os cursos ofertados pela instituição possuem elevados padrões acadêmicos, conquistando posições de destaque em avaliações como o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) e o Índice Geral de Cursos (IGC), divulgados pelo MEC, além do Guia do Estudante e do Ranking Universitário da Folha (RUF).

Mendonça Filho aproveitou a oportunidade para lembrar que o estado Pernambuco tem hoje nove centros universitários, sete dos quais homologados na sua gestão. “A oferta de novos cursos fica mais simples por parte dos centros universitários, assim como também a criação de novos campi espalhados pelo território pernambucano a partir de um critério que leva em consideração os parâmetros estabelecidos pelo próprio MEC”, detalhou.

Grupo – A Adtalem Educacional do Brasil faz parte do Adtalem Global Education, fundado há mais de 85 anos nos Estados Unidos e presente no Brasil desde 2009. Seu intuito é criar condições aos estudantes para que alcancem seus objetivos, encontrem o sucesso e façam contribuições inspiradoras para a comunidade global.

Atualmente, a Adlatem possui 17 instituições de ensino distribuídas no território nacional, com mais de 20 campi, cerca de 300 cursos de graduação e 217 centros de aprendizagem em todo o país, que atendem a mais de 110 mil alunos em três posicionamentos diferentes: DeVry Brasil, instituições de excelência acadêmica; Ibmec, no segmento premium; e Damásio Educacional, com cursos preparatórios e cursos de graduação nas áreas de direito e gestão.

“No que diz respeito à UniFbV, eu diria que está bem acolhida por um grupo empresarial na área educacional e que tem uma tradição na área de educação. Isso faz uma diferença muito grande”, concluiu Mendonça Filho.

 

Deixe um comentário

*

captcha *