Lista de espera do ProUni está disponível para as instituições

Fonte: MEC – Assessoria de Comunicação Social

O resultado da lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) já está disponível para as instituições. A relação, a ser utilizada na convocação para preenchimento de bolsas não ocupadas, contempla os candidatos que não foram pré-selecionados na primeira chamada.

Todos os participantes da lista de espera deverão comparecer às respectivas instituições escolhidas, nos dias 21 e 22 de março, para apresentar a documentação necessária à comprovação das informações prestadas durante o ato de inscrição. O programa destina-se a brasileiros sem diploma de curso superior que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano anterior e obtido nota superior a 450 pontos, além de redação pontuada acima de zero.

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação de instituições privadas de educação superior. Para concorrer a bolsa integral, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Para a bolsa parcial (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Além disso, o candidato deve satisfazer a pelo menos uma das condições a seguir: ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou, no caso de escola da rede particular, ter cursado na condição de bolsista integral da própria escola; ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede particular, na condição de bolsista integral da própria escola privada; ser pessoa com deficiência; ou ser professor da rede pública de ensino, caso em que não é necessário comprovar renda.

Nesta edição, o MEC ofertou 243 mil bolsas, das quais 113.863 são integrais e 129.124, parciais. As integrais foram criadas para estudantes com renda per capita de até 1,5 salários mínimos, enquanto as bolsas parciais se destinam àqueles com renda familiar per capita de até três salários mínimos.

Deixe um comentário

*

captcha *