Estrangeiros podem concorrer a graduação gratuita até quarta, 31

Fonte: MEC

Rovênia Amorim, do Portal MEC

Cerca de três mil vagas estão abertas para estrangeiros da América Latina, Ásia e África em cursos gratuitos de graduação nas áreas de educação, cultura, tecnologia e saúde de 64 instituições públicas e privadas em todo o país. A oferta vai até esta quarta-feira, 31 de julho. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no Consulado do Brasil no país do candidato ou na Embaixada.

No campo da Medicina, por exemplo, 56 vagas são ofertadas. Para participar, o interessado deve ter concluído o ensino médio no exterior, não ser cidadão brasileiro, nem possuir visto permanente ou temporário para o Brasil. Os selecionados receberão o visto de estudante.

Os cursos fazem parte do Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G), iniciativa promovida pelo Ministério da Educação (MEC) em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE) e instituições de educação superior parceiras.

“O PEC-G é um programa estratégico para a internacionalização. A educação superior ganha com a troca de culturas, aprendizado de idiomas e com a oportunidade de que o conhecimento adquirido no Brasil seja implementado nos países de origem dos estudantes”, afirma o coordenador-geral de Assuntos Internacionais, da Secretaria de Educação Superior, do MEC, Thiago Leitão.

Inscrição – Na hora de se cadastrar, o interessado poderá indicar dois e duas cidades brasileiras onde queira estudar. Entre os requisitos exigidos, o candidato deve ter proficiência em Língua Portuguesa e comprovar que possui 400 dólares para se manter no Brasil durante o período do curso. Após o término da graduação, o estudante deverá voltar ao seu país de origem.

De 2014 a 2018, mais de 1,8 mil estudantes estrangeiros de 46 países concluíram a graduação no Brasil por meio do programa, sendo a maior parte de origem africana com Língua Portuguesa.

Deixe um comentário

*

captcha *