Em meio à crise, estudantes optam por ensino à distância por economia

Alunos estão apostando na modalidade para economizar tempo e dinheiro
Modalidade está cada vez mais possível graças aos avanços tecnológicos

Fonte: G1 – 01/09/2016

Estudantes da região estão trocando as salas de aula pelo computador. Em meio à crise, tem muito aluno apostando em cursos na modalidade de Ensino à Distância (EAD) para economizar tempo e dinheiro.

A modalidade de ensino está cada vez mais possível graças aos avanços tecnológicos e da internet, o que acaba sendo mais econômico para os estudantes que não perdem tempo no ônibus e dinheiro com alimentação e material.

Quem adota cursos à distância diz que o conforto e a facilidade de estar em casa são fatores importantes. Mas se engana quem pensa que as exigências são menores.

Além disso, o curso deve seguir algumas regras: deve ter a mesma duração do convencional, as provas devem ser feitas pessoalmente e as notas das provas presenciais prevalecem sobre os exames à distância.

Para se matricular em uma faculdade à distância, a primeira dica é pesquisar sobre o curso e saber se ele é reconhecido pelo Ministério da Educação. Além disso, é importante procurar conhecer os professores e saber a qualificação deles.

O Ministério da Educação disse também que não restringe cursos à distância, mesmo aqueles que precisam de atividades práticas. Nesse caso, a regra é que os alunos façam atividades presenciais em laboratórios e estágios, como em qualquer curso.

Deixe um comentário

*

captcha *