CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR – Cadastro de recenseadores vai até 31 de março

Responsáveis por preencher os formulários da pesquisa estatística devem se cadastrar no Censup, mesmo que não haja mudanças em relação ao censo de 2019

Os recenseadores institucionais têm até o dia 31 de março para realizar o cadastro no novo sistema do Censo da Educação Superior, o Censup. Em função da reformulação do sistema para a edição de 2020 da pesquisa estatística, é necessário que todos se cadastrem, mesmo que não haja mudança em relação ao censo de 2019. O procedimento deve ser feito por meio da funcionalidade “Cadastre-se”, logo na tela inicial do sistema.

Os recenseadores são os responsáveis por preencher os formulários eletrônicos do censo, além de verificar e corrigir inconsistências de dados, assim como apurar possíveis questionamentos do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) a respeito das informações declaradas. Atualmente, 3.228 instituições de educação superior fazem parte da base do Censo.

Vale pontuar, no entanto, que as informações são exportadas do Sistema e-MEC, do Ministério da Educação (MEC). Nesse sentido, desse universo de instituições, nem todas deverão participar do Censo 2020, já que o e-MEC conta, também, com novos estabelecimentos de educação superior. Ou seja, instituições que não chegaram a oferecer cursos em 2020.

Porém, a grande maioria deve responder aos questionários da pesquisa no novo Censup, que, até a última segunda-feira, 15 de março, registrou 2.066 (64%) recenseadores – número que corresponde, portanto, à quantidade de instituições aptas a preencher o censo de 2020.

Coleta e Módulos – O período de coleta do Censo começou em 1º de março e segue até 4 de junho. Até o momento, estão disponíveis os módulos Usuário, IES, além de Curso e Docente. Os próximos formulários serão liberados gradativamente, sempre com a apresentação de live um dia após a liberação. O objetivo da disponibilização anterior ao evento online é possibilitar que os recenseadores se familiarizem com o novo sistema. O módulo Aluno será liberado nesta quarta-feira, 17 de março.

Material de apoio – No portal do Inep, os recenseadores e auxiliares institucionais podem encontrar diversos materiais de apoio para o preenchimento dos formulários. O instituto disponibiliza manuais, questionários, modelos dos arquivos de migração e tabelas auxiliares, além das perguntas frequentes, informativos e apresentações.

Treinamento EAD – Todos os módulos estão disponíveis na plataforma Capacita Servidores, no Censup. A ferramenta foi criada pelo Inep com o objetivo de capacitar todos os envolvidos no preenchimento dentro da instituição de educação superior. O treinamento online conta com uma parte específica voltada ao módulo Usuário.

Censo da Educação Superior – O objetivo da pesquisa estatística é oferecer informações detalhadas sobre a situação e as tendências da Educação Superior brasileira, assim como guiar as políticas públicas do setor. Após a divulgação, as informações passam a figurar como dados oficiais da etapa educacional. Além de subsidiar a formulação, o monitoramento e a avaliação de políticas públicas da educação superior, o censo contribui para o cálculo de indicadores de qualidade, como o Conceito Preliminar de Curso (CPC) e o Índice Geral de Cursos (IGC). A atuação do Inep se concentra na apuração, na produção e no tratamento das estatísticas. 

Acesse o Sistema Censup

Veja a live sobre o módulo Usuário

Acesse os manuais de preenchimento

Veja as orientações sobre o Censo da Educação Superior

Saiba mais sobre o Censo da Educação Superior

Fonte: INEP - Assessoria de Comunicação Social do Inep

Deixe um comentário

*

captcha *