Ana Amélia defende caráter filantrópico de instituições comunitárias de ensino

Fonte: Agência Senado

A senadora Ana Amélia (PP-RS) disse esperar que não prospere a ideia do relator da Reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, Arthur Maia (PPS-BA) de retirar o caráter filantrópico de instituições comunitárias de ensino.

Se isso acontecer, essas instituições passarão a pagar a contribuição ao INSS, o que pode fazer com que elas deixem de beneficiar milhares de estudantes que não têm condições de acessar os ensinos básico e superior, disse a senadora.

O prejuízo pode ser ainda maior, alertou Ana Amélia, porque muitas dessas instituições têm curso de medicina e, por isso, também oferecem serviços de saúde aos estudantes.

— Não podemos acabar com a filantropia dessas instituições. Será um desastre para milhares e milhares de estudantes e para milhares e milhares de pacientes que recorrem ao serviço médico e assistencial dessas instituições.

Ana Amélia disse ainda apoiar a criação da CPI da Previdência no Senado e da CPI mista da Previdência para apurar se o sistema previdenciário brasileiro é deficitário ou não.

Ela aproveitou para se posicionar contrariamente a qualquer proposta que anistie o chamado “caixa dois” eleitoral. Ana Amélia também voltou a cobrar a votação da proposta de emenda à Constituição que acaba com o foro por prerrogativa de função, conhecido por foro privilegiado (PEC 10/2013).

 

Deixe um comentário

*

captcha *