AÇÕES INTERNACIONAIS – Inep implanta Sistema de Avaliação da Educação Superior em São Tomé e Príncipe, na África

Fonte: INEP - Assessoria de Comunicação Social 

Desde a última segunda-feira, 28 de outubro, representantes do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) estão em São Tomé e Príncipe, na África, para conclusão do projeto de criação do Sistema de Avaliação do Ensino Superior local. Esta é a quinta missão do Inep no país africano.

Os profissionais realizam, até sexta-feira, 1º de novembro, um seminário de avaliação do processo para pontuar os avanços realizados com a conclusão do projeto, bem como apresentar proposta de Diretrizes Curriculares Nacionais. A missão faz parte do Acordo de Cooperação Técnica entre Países em Desenvolvimento, assinado em 2018 pelos governos de São Tomé e Príncipe e do Brasil, por meio do Inep e da Agência Brasileira de Cooperação (ABC).

Devido à crescente demanda de oferta de vagas para o ensino superior em São Tomé e Príncipe, o governo diagnosticou a necessidade de criar mecanismos e procedimentos adequados a padrões internacionalmente aceitos em matéria de avaliação da qualidade, de transparência e de boa governança. Com a iniciativa do Inep, o país poderá produzir informações claras e confiáveis para gestores, pesquisadores, educadores e público, em geral. “Vamos analisar os resultados obtidos após o seminário, com a participação de todos os atores envolvidos, entre eles gestores, avaliadores e pesquisadores, no processo de criação do Sistema de Avaliação do Ensino Superior de São Tomé e Príncipe”, ressaltou a chefe da Assessoria Internacional do Inep, Sandra Grippi.

Cooperação técnica – O Inep tem ampliado sua atuação na área de cooperação técnica internacional. Nos últimos anos, aumentou significativamente o interesse de outras autoridades na área de educação e de organizações internacionais em conhecer a experiência brasileira.

Em conjunto com as diretrizes da política externa brasileira, o Inep orienta suas atividades de cooperação para o intercâmbio de conhecimentos, experiências e boas práticas. A cooperação na área de educação superior foi solicitada pelo governo de São Tomé e Príncipe ao Ministério das Relações Exteriores (MRE), por meio da ABC. O projeto conta com a expertise do Inep para reforçar as capacidades institucionais e técnicas da Direção de Ensino Superior do Ministério da Educação e Ciência de São Tomé e Príncipe.

Saiba mais sobre as ações internacionais do Inep

 

Deixe um comentário

*

captcha *